Notícias

Sexta-Feira, 12 de Julho de 2013

MTur apresenta a cidades pernambucanas o novo Programa de Regionalização do Turismo

Encontro teve o objetivo de ensinar a gestores como desenvolver uma atividade turística.
 
O Ministério do Turismo (MTur) e a Secretaria de Turismo do Estado (Setur-PE) se reuniram, ontem, no Centro de Convenções de Pernambuco, com gestores de turismo de municípios pernambucanos para apresentar as novas diretrizes da reedição do Programa Nacional de Regionalização do Turismo, lançado em 2004. O encontro teve o objetivo de ensinar aos representantes das cidades “como se desenvolve uma atividade turística”.

A diretora de estruturação de Turismo da Empetur, Jane Mendonça, explicou que o novo modelo de regionalização proposto pelo MTur visa compartilhar a responsabilidade do desenvolvimento do setor turístico com a respectiva gestão municipal. Na prática, isso significa que o ministério apresentou uma ferramenta de planejamento, execução, estruturação e divulgação de determinado destino turístico. E os gestores, agora, precisam mostrar seus atrativos dentro dos pilares determinados pelo MTur, para só em seguida passarem a receber treinamentos e aportes financeiros.

“A partir daí, criaremos conselhos municipais de turismo e instanças de governança para integrar o trabalho do município com o órgão federal. Mas primeiro o gestor de turismo de cada cidade precisa saber mostrar para o ministério o que sua cidade tem oferecer e envolver toda a cadeia turística, bem como a população, nessas atividades”, afirmou Jane.

O coordenador-geral de regionalização do MTur, Jun Aley Yamamoto, responsável pela apresentação do novo Programa Nacional de Municipalização do Turismo no Recife, acrescentou que foram necessárias reformulações nas estratégias do programa. “Antes, a política de abordagem territorial era diretamente aos municípios e agora eles foram agrupados em regiões de desenvolvimento turístico. Isso aumenta o nível de identificação com o ministério, o que vai orientar melhor as ações de planejamento”, disse Jun. 

De acordo com Jane Mendonça, Pernambuco foi dividido em 14 regiões turísticas.

Conheça as 14 regiões turísticas do Estado e suas respectivas cidades:

- Encosta da Chapada do Araripe (Araripina, Trindade, Ipubi, Ouricuri, Bodocó e Exu)
-Vinho/Vale do São Francisco (Petroline, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista)
- Ilhas e Lagos do São Francisco (Orocó, Cabrobó, Belém do São Francisco, Floresta e Petrolândia)
- Cangaço e Lampião (Serra Talhada, Triunfo e Santa Cruz da Baixa Verde)
- Engenhos e maracatus (Zona da Mata Norte)
- Crença e Arte (Arcoverde, Pesqueira e Belo Jardim)
- Forró e Baião de Luiz Gonzaga (Caruaru, Bezerros e Gravatá)
- Moda e Confecção (Toritama, Santa Cruz do Capibaribe e Taquaritinga do Norte)
- Águas da Mata Sul (São Benedito do Sul, Quipapá e Palmares)
- Costa dos Arrecifes (Sirinhaém, Rio Formoso, Tamandaré, Barreiros e São José da Coroa Grande)
- Costa, História e Mar (De Olinda a Ipojuca)
- Território da Poesia e da Cantoria (São José do Egito, Tabira, Afogados da Ingazeira e Sertânia)
- Costa Náutica (Coroa do Avião, Litoral Norte de Paulista a Goiana)
- Outros municípios (Parnamirim e Salgueiro).